Dinâmicas

Portas Abertas
Assim sou eu...
 

Portas Abertas

 

Totobola

 

Preencher

1-       Indica total acordo com a frase

2-       Indica total desacordo

3-       Indica uma dúvida razoável

 

 

 

1

X

2

1.

Quem não se mete com ninguém, vive me paz.

 

 

 

2.

Devo vingar a minha honra!

 

 

 

3.

Perdoo-lhe mas nunca esquecerei o que fez!

 

 

 

4.

Perdoa, se queres ser perdoado.

 

 

 

5.

A reconciliação não é possível.

 

 

 

6.

É possível a reconciliação entre os homens.

 

 

 

7.

Eu nunca faria uma coisa dessas!

 

 

 

8.

Perdoar é ser fraco.

 

 

 

9.

Vou-lhe pagar com a mesma moeda!

 

 

 

10.

Tu és melhor do que aquilo que fizeste de mal.

 

 

 

11.

Amanhã serás tu a perdoar-me.

 

 

 

12.

Perdoar é viver com um coração novo

 

 

 

13.

Se há amor, não há juiz nem vítima.

 

 

 

 

Trabalhos de grupos

 

1-      Reconciliação na escola.

Inventar uma história e ensaiá-la.

 

2-      Reconciliação na família.

Inventar uma história e ensaiá-la.

 

3-      Reconciliação na sociedade.

Inventar uma história e ensaiá-la.

 

4-      Reconciliação na no vosso grupo

“Os ouriços”: Reflectir sobre a história abaixo, e verificar qual a lição a tirar para o grupo.

 

Uma Família de Ouriços

 

Num  verão, uma família de ouriços foi viver para o bosque. O sítio era ideal e os ouriços divertiam-se imenso. Brincavam às escondidas, caçava, moscas e outros insectos para se alimentarem. De noite deitavam-se na relva.

 

Chegou o Outono. Corriam atrás das folhas que iam caindo cada vez em maior número… e como as noites já eram frias, dormiam debaixo das folhas secas.

 

Mas cada vez fazia mais frio. Começou a cair a geada. Os ouriços tremiam de frio e, durante a noite, nem conseguiam pregar olho. Por isso, uma noite, decidiram apertar-se uns contra os outros para se aquecerem mutuamente. Mas fugiram imediatamente um para cada canto, tantas foram as picadas no nariz e nas patas. Timidamente, voltaram a aproximar-se pouco a pouco, mas picaram-se de novo.

 

Era preciso encontrar um modo de estar juntos: os pássaros também se ajuntam para dar calor uns aos outros, e o mesmo os coelhos, os ratos e todos os animais.

 

E foi assim que, suavemente, pouco a pouco, uma noite após outras, para poderem dar-se calor sem se picar, se foram aproximando um a um. Encolheram os seus espinhos e com mil cuidados chegaram a juntar-se no lugar exacto. Vento frio soprava forte. Mas eles não se incomodavam. Agora podiam dormir quentinhos e todos juntos.

 

Comentário:

 

Espinhos que incomodam, picam, ferem, criam mal-estar e afastam. São estes os “vírus” que contaminam e destroem a família. Dêmos-lhes nomes: os “espinhos” das palavras azedas no fim de um dia cansativo; o “vírus” da incapacidade de pedir desculpa: os “espinhos” de um orgulho doentio que nos impede de perdoar: o “vírus” da monotonia rotineira; os “espinhos” da falta de colaboração de todos para o bem-estar de cada um…

 

A lista podia continuar. Mas tu sabes que de nada adianta apontar os “vírus”, se não estivermos decididos a lutar contra eles, escolhendo os “espinhos”, a fim de que haja harmonia e bem-estar. Na família queremos viver juntos, mas não a monte. Cada membro da família deve encolher tudo o que nele é espinhoso e pica, aproximando-se dos outros com cortesia e amabilidade.

 

 


 

 

Assim sou eu…

 

1 - As pessoas que me amam...     

 

2 - Uma das coisas que mais gosto em mim é...    

 

3 – Desagradam-me as pessoas que...     

 

4 - Quando sinto que me colocam de parte, eu...   

 

5 - O modo para expressar a minha generosidade com outro é...    

 

6 - Se alguns me elogia, eu...     

 

7 – Nas relações com as pessoas, eu...  

  

8 - Quando eu não gosto de uma pessoa e ela/ele aprecia-me, eu...

     

9 – Os erros dos outros...     

 

10 – O que frequentemente me faz sentir envergonha, é...     

 

11 - A Minha mãe...       

 

12 – O meu humor, o meu estado de espírito...  

  

13 – Encontro-me habitualmente com pessoas para...  

  

14 – Quando estou entre um grupo de desconhecidos...

    

15 – Sinto-me só quando...     

 

16 – Tenho ciúmes de...     

 

17 - Quando uma pessoa me demonstra afecto...    

 

18 – Quando os que me rodeiam se sentem felizes, eu...   

 

19 – Os amigos...     

 

20 - A pessoa que melhor me conhece...